1966 – Compacto Simples

Lado A: Samba do Corinthians
(Manoel Ferreira – Gentil Junior)

      Samba do Corinthians

Depois de amanhã é domingo

Tomara que seja um domingo de sol

Irei de manhã à piscina

pescar moreninhas com olhos de anzol

 

Depois de amanhã é domingo

Tomara que seja um domingo de sol

A tarde vou ver o Corinthians

Ensinar esta gente a jogar futebol!

 

Dá gosto torcer pro Corinthians

E ver a torcida vibrar de emoção

É nele o Brasil empunhando

a Bandeira Alve-Negra do seu coração

 

Quem é que não vê que o Corinthians

Nasceu com o destino de ser campeão

Repare que quando ele perde

é porque francamente o juiz foi ladrão…

é a minha opinião…..


Lado B: Eu Queria Esquecer
(Silvio Santos e Francisco Moraes)

      Eu Queria Esquecer

Eu queria esquecer

Eu queria esquecer a luz dos seus olhos

Porque assim eu não sentiria saudade

do olhar de você.

 

Eu queria esquecer a música da sua voz

Porque assim eu não sentiria a falta que ela me faz

Nessas noites sem fim, amargas e monótonas.

Eu queria, enfim, esquecer toda você.

 

Você é o meu amor,

Mas você me faz sofrer.

Você é a divina inspiração de minha vida,

Mas você é também a minha perene tortura.

 

O seu sorriso largo, franco,

O sorriso de você que não é uma inspiração de alegria nem tristeza,

Mas que é uma sedução constante,

Me alucina em sonhos loucos dentro de minha alma.

 

O sorriso de você que há tanto tempo os meus olhos não vêem. Por quê? Eu não sei..

Foi sempre assim, eu gosto tanto de você,

e você não gosta de mim.

Eu queria esquecer os instantes que estieve ao seu lado, que apertei suas mãos nas minhas,

Acariciei seu rosto e possui seus lábios num longo beijo de amor.

Mas eu não posso, eu ão consigo esquecer.

O que eu preciso esquecer é que você não me ama, é que você jamais poderá me amar.